sexta-feira, 21 de novembro de 2008

MINAS


Para inaugurar esse espaço nada melhor que expôr minha paixão por essas montanhas minerais!

"Abstraio, caminho
Me escapa a realidade
Me embrenho nas montanhas
Alterosas do meu coração
Sinto sua alma glória
Desse lugar feito de história
Da Vila Rica a Curral Del Rey
Seus eternos inconfidentes
Milhares de Tiradentes
Se encontram com poesias nas esquinas
As veias abertas das montanhas
Chegam ao coração das Minas
A voz rouca, cabocla, barroca do profeta poeta
Canta a esmo
Suas ladeiras enluaradas
Todas apaixonadas
Por aquela esquina
Ah! Aquela esquina!
Onde te espera
Com causos e abraços
A simplicidade amizade mineira".

2 comentários:

alexandra disse...

que poema mais lindo que ja vi sobre minas,sou mineira e adorei,parabens pelo blog.

Tádzio Peters Coelho disse...

Obrigado Alexandra. Sinta-se à vontade para participar.